Carta aberta as "Mães perfeitas"

terça-feira, 4 de novembro de 2014
Imagem Google
Olá! Tudo bem com vocês?

Sabe me incomoda um pouco ver algumas mães da “vida real” e outras do “mundo virtual”, tratarem a maternidade como um conto de fadas, onde tudo é perfeito. O bebê parece ser um verdadeiro anjinho que dorme bem, come de tudo, não faz birra, não grita, mal chora... ou uma criança maior que sempre obedece, que não dá trabalho para fazer a lição de casa, que não responde aos pais... Outra coisa que me incomoda são as “mães perfeitas”, elas só aparecem maquiadas, bem penteadas, fazem qualquer sacrifício para voltar ao peso depois de 2 meses que o bebê nasceu... nunca estão cansadas, com sono, não demonstram medo de errar, não tem dúvidas, não demonstram insegurança... oi? Será assim mesmo? Ou só uma capa para a sociedade? Existe isso? Alguma mãe se identifica? Porque eu não!! Sim, tenho enormes dificuldades com meus filhos, e não tenho problemas em falar disso, aliás acho válido discutir sobre nossas dificuldades, até mesmo para que possamos nos ajudar!Gosto do jeito simples e prático da Shirley do Macetes de mãe de falar sobre a maternidade. Por vezes com um humor super sadio e por vezes com um tom de seriedade. 

E o bom humor é sim um super aliado da maternidade, mais ainda quando temos que escutar pitacos alheios não solicitados. Qual mãe que nunca foi alvo de um comentário ou dica valiosa (sqn) de uma sogra, mãe, tia, vizinha?? Ainda mais quando somos mães de primeira viagem, sempre vai aparecer uma abençoada pra te fazer pensar que você não sabe de nada e que está fazendo tudo errado.

Desculpem o desabafo acima, rs mas a “maternidade real”, não é fácil, por vezes me sinto um mãe ruim, uma mãe que não consegue dar conta de tudo, as vezes vou dormir pensando que podia ter dado mais atenção para meus filhos, que não precisava ter ficado tão brava por causa de um suco derramado no chão...que podia ter tido mais paciência na hora da lição de casa, que o computador podia ter sido desligado mais cedo, que a história poderia ser repetida mais uma vez, que a janta poderia esperar mais um pouco e ter ido jogar aquele joguinho com meu filho... que a brincadeira poderia ter durado mais, que não era necessário ter gritado... que aquela bronca não precisava ter feito ele chorar... que devia delegar mais tarefas para o pai e não me sentir tão atolada, que aquele bolo de chocolate poderia ser no meio da semana... que poderia ter abraçado e beijado mais naquele dia... que ele podia adormecer no meio do papai e da mamãe, que o picolé poderia só naquele domingo ser antes do almoço, que podia assistir aquele filme a noite na TV, que podia brincar mais um pouco no parquinho...que poderia ter dado mais colo...

Sabe eu faço de tudo para ver sempre meus filhos felizes, mas infelizmente não sou perfeita, ah como eu gostaria de ser perfeita, de não sentir culpa! Mas sinto... Mas também aprendi que temos que valorizar o que nós conseguimos fazer e não o que não conseguimos. Então, se eu não consigo fazer faxina na casa toda, porque minha filha está precisando de mais colo e amor naquele dia, fico feliz por ter conseguido  lavar o banheiro, a cozinha a área e passar pano no chão. Faltou muita coisa ainda, mas aprendi a ficar feliz com o que consegui fazer.

E no final posso dizer que absolutamente TUDO vale a pena. Mesmo de madrugada quando minha filha acorda para só dar uma “bicadinha” no peito e voltar a dormir de novo, na hora em que tiro ela do berço e ela me dá um beijinho, o sorriso me vem aos lábios e sou feliz naquele momento! Ah como sou...!
Esperar ansiosa meu filho chegar da escola, para falar: “filho, fecha os olhos que a mamãe tem uma surpresa” e ele ficar super feliz, porque comprei dois lápis e duas borrachinhas novas que ele pediu, também é demais!

Entendem o que eu quero passar? São estes momentos  pequenos, alguns enormes que valem a pena que me dizem que apesar de eu ser uma aprendiz de mãe e que sou muito falha, e totalmente imperfeita meus filhos acham que a mamãe é perfeita, meus filhos me amam assim como eu sou, e eu os amo, amo com força! Assim como eles são, perfeitos aos meus olhos feitos para me fazer melhor a cada dia, feitos para amar!

Por Vívian Duarte



22 comentários:

  1. Adorei o texto. Estou com cada olheira! kkkk
    http://ofantasticomundodairis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi linda,
    Cheguei aqui através de um grupo do facebook.
    Seu blog é lindo ! Tô de aguardando para uma visita no meu !
    beijos,
    Adri e Claudinha
    http://www.unhasebocas.blogspot.com.br
    Instagram : @blogunhasebocas
    https://www.facebook.com/pages/Unhasbocas/477832645611169?fref=ts

    ResponderExcluir
  3. Unhas&bocas, Vou dar uma olhadinha no seu blog sim! Obg por visitar! bjos

    ResponderExcluir
  4. Eu sempre abordo esse tipo de tema lá no blog, vejo muita gente falando sobre a maternidade como se fosse comercial de margarina, tudo lindo e charmoso.
    Adorei teu texto e me identifiquei muito.

    ResponderExcluir
  5. Nossa emocionante! É exatamente isso sem tirar nem pôr. Quem dera se pelo menos um dia pudéssemos deitar sem sentir essa culpa rs. Mas acho que ser mãe é isso mesmo, é estar insatisfeita e tentar melhorar a cada dia. Parabéns adorei o texto.

    ResponderExcluir
  6. mãe é mão mesmo né, dá a vida pelo filho para ver ele feliz, adorei o post

    ResponderExcluir
  7. Que texto lindo!
    Ser Mãe e ter realmente um dom,
    e muito especial por sinal.
    São elas que sempre estão por perto, batalham e guerreiam pelos seus filhos sem esperar nada em troca. *-*

    Um beijo Flor!!

    Carol e Camila.

    http://vamospapear-camilaecarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Adorei o texto, disse exatamente a verdade, muitas pessoas fazem a maternidade parecer um verdadeiro sonho. Ainda não sou mãe, mas cuidei muito dos meus sobrinhos quando eles erram bebês, lembro que a cada 5 minutos eles choravam, e quando dormiam, não durava por muito tempo. Graças a Deus eles cresceram.

    Beijos
    www.sweetlifebymari.com.br

    ResponderExcluir
  9. Arrasou no desabafo e que texto sensacional! Verdade né, tem muitas mães que tratam a maternidade como um conto de fadas onde tudo é 1001 maravilhas. E eu admiro muito as mãe que dão a cara a tapa e mostram toda a realidade sobre ser mãe :)
    Bjooo

    ResponderExcluir
  10. awnn que texto bonitinho Vivian, ser mãe é uma dádiva como dizem. Realmente nenhuma mãe é perfeita, mas para os filhos sempre serão uma deusa, alguém em que podemos nos inspirar, eu amo minha mãe e sem ela nem sei o que seria de mim, lutou tanto pelos filhos sabe. Quero ser como ela quando tiver um (a) filho (a), cuidei do meu sobrinho mais velho, durante os primeiros 2 aninhos, lembro bem como era difícil ao mesmo tempo bom ver aquele sorriso kkkkk beijocas e sucesso nessa profissão chamada maternidade.

    ResponderExcluir
  11. Vivian, ninguém faz curso para ser mãe, a gente vai aprendendo, podemos ler livros, errar, acertar, e assim a gente vai vivendo... eu adoro textos mais realistas, não daqueles discursos de gente super feliz o tempo todo, simplesmente pq isso nao existe! Você está de parabéns, muito sucesso para seu blog e muita saúde para sua família! bjos

    ResponderExcluir
  12. não exite conto de fadas em nada na vida
    nem na maternidade
    ser mãe é maravilhoso
    mas é cansativo estressante
    temos que ser fortes
    já aprendi muitas coisas
    mais to longe de ser uma mãe perfeita
    por que acredito que perfeição materna não exista
    acredito em mãe que procuram sempre fazer o melhor para
    os filhos amei o texto

    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  13. Realmente os filhos vê a nós como as protetoras e a melhor mãe do mundo
    Com o pouco que nós gostamos de ver nossos pequenos bem
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Eu ainda não sou mãe, mas creio que é exatamente assim. Sonho em ter uma menininha ou um casal, e acho que vou s3e3r super protetora e enxer eles de carinho *-* beijoss

    ResponderExcluir
  15. Vivian te entendo perfeitamente , tenho dois filhos uma de 13 que esta numa fase bem complicada , dá trabalho na escola , responde hehe e muitas vezes fico tão chateada mas depois entendo que são fases e não podemos desanimar , devemos continuar a dar nosso amor, sem contar que cuidar de casa é filhos menina não é mole e quando se trabalha fora então kkkkk vou confessar minhas unhas parecem de pedreiro essa semana sem tempo algum kkkk. beijos lindona

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  16. Eu odeio família margarina, aquela família de comercial de televisão, tudo é lindo e feliz o tempo todo, para né?! Aqui eu fico puta, xingo, tenho pouca paciência e vou dormir com a culpa nos ombros, outros dias sou um poço de tranquilidade, sou humana né? Não é por que sou mãe que tenho que virar a versão humana da mamãe pig e o pior é que essa imagem falsa ilude todas as novas mães, elas acham que a gente é assim por que não nos esforçamos, por que não nos empenhamos e quando se tornam mães veem que o buraco é bem mais embaixo!

    ResponderExcluir
  17. Verdade essa mãe perfeitas irritam e muito nossa eu tenho grandes dificuldades até mesmo de voltar ao meu peso ideal
    bjcas
    www.estou-crescendo.com

    ResponderExcluir
  18. Verdade, é exatamente isso!
    A maternidade não é algo fácil!
    Adorei esse post.. texto bem legal
    beijocas
    jeeh

    ResponderExcluir
  19. Adorei o texto , exatamente é assim !!!
    Apesar de eu não ser mãe eu vejo como é!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. A maternidade é uma dádiva de Deus . É exatamente isso que voce escreveu .
    MODAMORENAFLOR2014.BLOGSPOT.COM
    **bjossssssss

    ResponderExcluir